arquivos

Arquivo para

Conflito sem conflito – Fora da lei, de Rachid Bouchareb

BUENOS AIRES – Entre os cineastas árabes, o francês de origem argelina Rachid Bouchareb é um dos mais conhecidos no Brasil, já que seus filmes recentes não ficaram restritos a festivais e estrearam em circuito comercial: Fora da lei (2010), London River – Destinos cruzados (2009) e Dias de glória (2006). Em Fora da lei e Dias de glória, Bouchareb está preocupado em resgatar … Continuar lendo

Paralela – Revista de Bolsa

A Paralela – Revista de Bolsa foi o meu trabalho de conclusão de curso de Jornalismo lá na UNESP/Bauru junto com a Manu Alves e a Natália Tamaio, sem contar em inúmeros colaboradores e com a orientação do querido Prof. Dr. Mauro Ventura.                 Apresentado no final de … Continuar lendo

Estou em casa – O cinema de Naomi Kawase

BUENOS AIRES – Como desapareceu? Desapareceu assim. Sem criação de clima, de repente, assim: ruelas de uma cidade milenar, árvores no caminho, nuvens pesadas, as badaladas cadenciadas de um ritual fora de campo. Assim: cruzou o túnel em construção. Fugiu entre as bananeiras do quintal, entre as árvores à beira da estrada de terra. Morreu. … Continuar lendo

Cobertura 13o BAFICI – O BAFICI chega ao fim

18 de abril de 2011, de Buenos Aires É um misto de alívio e tristeza quando termina um festival de cinema da magnitude do BAFICI (Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente). Um alívio porque a gente pode comer e dormir direito, sem ter que ficar correndo de uma sessão pra outra, escovando os dentes … Continuar lendo

Cobertura 13o BAFICI – Como diabos marimba com heavy metal? Entrevista con Julio Hernández Cordón

16 de abril de 2011, de Buenos Aires Quando comecei a fazer minha curadoria para não me perder entre as centenas de filmes do 13º BAFICI (Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente), Las marimbas del infierno, com esse nome insólito, despertou-me curiosidade, mas acabou ficando na lista do “talvez”. Nos primeiros dias de festival, fui … Continuar lendo

Cobertura 13o BAFICI – Distribuição e exibição de cinema independente e a ACID (Association du Cinéma Independant pour sa Diffusion)

15 de abril de 2011, de Buenos Aires No BAFICI do ano passado, os filmes argentinos mais comentados, celebrados e aplaudidos foram Los labios, de Santigo Loza e Iván Fund, e Lo que más quiero, de Delfina Castagnino.Los labios, que depois seria exibido na mostra Un certain regard do Festival de Cannes 2010 (e suas três protagonistas compartilhariam o galardão … Continuar lendo

Cobertura 13o BAFICI – Poema fílmico incendiário: Qu’ils reposent en révolte (des figures de guerre), de Sylvain George

11 de abril de 2011, de Buenos Aires Sylvain George diz que a origem da palavra “panfleto” é “queimar tudo”. Seu longa-metragem Qu’ils reposent en révolte (des figures de guerre) – em tradução livre, Que eles descansem sem paz (umas imagens da guerra) – tem muito a ver com o tema da queimadura, e um trecho marcante pode sintetizar … Continuar lendo

Cobertura 13o BAFICI – Fábula dos trópicos: Sleeping sickness, de Ulrich Köhler

10 de abril de 2011, de Buenos Aires A doença do sono, cuja transmissão se dá pela mosca tsé-tsé e o contágio por contato humano, só existe na África. O médico alemão Ebbo Velten vive aconchegadamente em Camarões dirigindo um programa com fundos europeus para erradicação/controle da enfermidade. Mas parece que o seu trabalho já … Continuar lendo

Cobertura 13o BAFICI – Cinema vivo: Poesia, de Lee Chang-Dong

08 de abril de 2011, de Buenos Aires Mija, protagonista de Poesia, é uma senhorinha emperiquitada de inocência e bondade incomuns, de vida anódina e solitária porém entusiasmada, ali nos arredores de Seul. Ela devia ser muito bonita quando jovem, ter arrasado corações; todos dizem a toda hora. Seu apartamento é cheio de caminhos de mesa, … Continuar lendo

Cobertura 13o BAFICI – Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente

06 de abril de 2011, de Buenos Aires Apesar de acompanhar com euforia, de longe, grandes festivais como Cannes, Berlim e Veneza, sempre bate um desânimo quando penso que talvez eu nunca veja aqueles filmes. A Mostra de Cinema de São Paulo e o Festival do Rio abraçam o cinéfilo e nos confortam nessa hora, … Continuar lendo